Malta - Supernova

Cleo Pires fala: "Sexo é extremamente importante'





Cleo Pires é a capa da revista 'GQ Brasil' do mês de março. A atriz de 'Salve Jorge' fez um ensaio sensual para a publicação na suíte do Hotel Tivole, em São Paulo. Ela contou em entrevista que não se acha linda e revelou qual parte do seu corpo mais gosta.

'Dependendo do dia, acho a minha boca bonita. Mas na verdade tento não olhar muito pra ela... Eu sou mais sexy do que bonita', disse.


Sem pudores para falar sobre sexo, Cleo acredita que o ato pode resultar em coisas positivas para o cotidiano de uma mulher.


'Extremamente importante. A energia sexual é a mais poderosa que existe e pode gerar coisas maravilhosas, na cama e fora dela', ressalta.


A filha de Glória Pires e Fábio Júnior também aproveita a entrevista para lembrar momentos de sua infância e adolescência. Cleo admitiu que costumava se envolver com os filhos dos empregados de sua família.



'Eu era uma criança muito sexual. Namorava todos os filhos das babás, das cozinheiras. A babá que ficou mais tempo comigo foi a Teia. Ela me levava para a Pavuna e eu namorava o filho dela, o Bruno. Depois um amigo do Bruno. Tinha também o caseiro, Zezinho, por quem eu era apaixonada', revela.


Cleo Pires está solteira desde o fim do casamento de quatro anos com o publicitário João Vicente de Castro, anunciado em dezembro. Os dois já declararam se sentem um carinho grande um pelo outro. No Carnaval, o ex-casal foi visto em clima de intimidade em um camarote da Marquês de Sapucaí.



Apesar da boa relação, tudo indica que a fila já andou. Na noite desta segunda-feira (26), João Vicente trocou beijos com a jogadora de vôlei Maria Clara Salgado, em uma rua do Jardim Botânico, na zona sul do Rio.Sem perceber que estava sendo fotografado, ele protagonizou cenas de carinho encostado em um carro.


Link para o site citado neste vídeo:


Marien mostra sua beleza no site Paparazzo





Marien, a mineirinha de 25 anos, depois que deixou o BBB 13, resolveu mostrar toda sua sensualidade e encantamento em fotos pra lá de sensuais no ensaio pro site PAPARAZZO.  

Confira abaixo algumas fotos:





Marien soltou o verbo em relação a relacionamentos conta que está solteira há dois anos e que só teve três namorados, a dançarina ainda assumiu que, quando tem vontade, não se priva de prazer algum. “Sexo é fisiológico. Não precisa estar namorando. Estou há dois anos solteira, vou ficar sem?”, diz a ex-BBB, que garante ainda estar na seca desde que saiu do programa. “Ainda não rolou nada porque ainda não deu tempo. Mal estou tendo tempo de dormir”.

Vale tudo quando o assunto é prazer, pero no mucho. Marien nunca experimentou brinquedinhos eróticos como vibradores e acha que não é possível se satisfazer sozinha. “Uma vez entrei no quarto (do 'BBB') e vi a Fani fazendo isso. Falei: ‘Que isso, Fani?’. E ela me perguntou: ‘Ué, você não faz?’. Ela disse que ia me dar uma borboletinha (tipo de vibrador) para eu aprender”, lembra Marien, aos risos. “Mas não sei se me resolveria com um brinquedo. Gosto do olhar, do toque...  Acho que com um negócio assim ia demorar muito”, diverte-se.





Também gosta de exibir os seios fartos, calibrados com 215 ml de silicone, em decotes e lingeries sexy. “Os seios trazem sensualidade à mulher. Sinto muito mais prazer depois que coloquei silicone, porque antes não gostava deles”, diz a loira, que fez a cirurgia plástica aos 18 anos de idade.

Em busca de um novo amor, dá a ficha do seu cara ideal: “Não gosto de homem muito forte, pode até uma barriguinha. Tem que ser mais charmoso que bonito. Beleza está em quem a gente gosta. Não fiquei só com homem lindo”, comenta ela, que, no entanto, faz uma exigência e tanto em relação aos atributos do candidato: “Um bom tamanho é 24 centímetros. É grande, né? Mixaria não rola”, diz, aos risos.

Fonte: site PAPARAZZO

Link para o site citado neste vídeo:


Dicas de Carnaval para mulheres Plus Size






Quem pensa que o Carnaval foi inventado pelos brasileiros se engana. Oriundo da Europa, ele chegou ao Brasil em meados do século XVII. Mas ninguém pode negar que fomos nós, brasileiros, com nossa criatividade, talento e alegria, que transformamos o Carnaval na maior festa popular do mundo, a ponto de hoje sermos conhecidos como “O País do Carnaval”. Em cada canto dos mais de 8.500 km² de território, há um brasileiro que começa movimentar o corpo assim que começa a ouvir um bom samba.

Mas se antes as fantasias eram ‘comportadas’, hoje o que se vê são mulheres com corpos malhados, quase nus, emoldurados por adereços dos mais diversos tipos, materiais e cores. E as mulheres acima do peso, ficam de fora da festa mais esperada do ano? Claro que não!

Trouxemos algumas dicas importantes e modelos para você arrasar, seja no maior bloco carnavalesco do mundo, o Galo da Madrugada (que se apresenta no sábado de Carnaval, no Recife), nos cordões ou na arquibancada da Marques de Sapucaí, no Rio de Janeiro, nos blocos de rua da Bahia e em São Paulo, ou ainda atrás dos Bonecos de Olinda, nos bailes de salão e nas ladeiras das cidades históricas das Minas Gerais.


Para festas diurnas
Durante o dia, use looks leves e que deixem à vontade.




Dicas para uso de fantasia plus size
Se usar vestidos soltos e de tecidos leves, lembre-se de usar shorts de malha por baixo ou alguma lingerie que proteja as coxas, evitando assim o desconforto.


Abuse de adereços
Shorts coloridos ou bermudas e regatas de malha básicas são uma ótima pedida se você vai brincar o Carnaval na rua. Nesse caso, abuse dos adereços: máscaras, óculos, perucas, pulseiras e colares. Têm alguns para os cabelos que são lindos e vão te deixar com a cara do Carnaval.





Calçados confortáveis
Use calçados leves e confortáveis para evitar bolhas nos pés.


Cor e brilho liberados!
Esmaltes e makes coloridos e brilhantes estão liberados para qualquer hora do dia e da noite.






Cuide de sua alimentação e hidratação
Alimentação leve, muita água, suco de frutas e protetor solar são indispensáveis.


As opções de fantasias plus size são inúmeras! Não tem desculpa para fugir do Carnaval!





Quem veste GG também pode ficar sexy e provocante em fantasias de Carnaval. Invista!

As opções de fantasias podem ser encontradas no endereço www.fantasiascriativas.com.br

fonte: http://estilo.br.msn.com/tempodemulher/



Fuja dos micos na Hora H!





Quem nunca cometeu um “micaço” na cama que atire a primeira camisinha. Todo mundo tem uma história constrangedora sobre sexo para contar e cair na risada ou, pior, morrer de vergonha. O que não pode acontecer é deixar sequelas na sua imagem e detonar o momento quente com o parceiro na cama.





Por isso, convocamos três experts em sensualidade para orientar vocês: a Sex Personal Trainer e professora de sensualidade, Rita Ma Rostirolla; a especialista em relacionamentos e consultora de autoestima, sensualidade e motivação para mulheres, Fernanda Pauliv e a Personal Sexy, Karina Brum.


Mulheres que berram na hora H


Aquelas mulheres que exageram na primeira vez gritando, urrando e usando vocabulário 'chulo” querendo impressionar o parceiro, acabam desestimulando-os porque acham artificial, falso e até engraçado. “Alguns se queixam que perdem o clima porque a parceira força demais na hora H principalmente quando ela já gozou e quer que ele goze logo. Aí fica naquele ‘vai garanhão, vem’ e vai por aí”, explica a Sex Personal Trainer e professora de sensualidade, Rita Ma Rostirolla.


Atender o celular ou ler mensagens no meio da transa 

Você é daquelas que atende o celular ou lê mensagens bem no meio da transa? Micão! A mesma coisa vale se estiver prestando atenção a alguma coisa na TV enquanto a coisa está no pique. Rita explica que, por mais que uma mulher consiga fazer duas coisas ou mais ao mesmo tempo, é inadequado transar e fazer qualquer outra coisa junto. “Para um homem é o mesmo que ela estar fazendo ponto cruz enquanto transam”, comenta a professora de sensualidade.


Bocejar ou olhar para o relógio 

Olhar para o relógio é outra coisa que incomoda e acaba sendo um mico porque pode dar ao parceiro a impressão de que não você vê a hora de terminar. “Bocejar ou suspirar é outro micaço porque parece que o que ele está fazendo está dando sono e não tesão na mulher”, destaca Rita.




Usar diminutivos na hora H 

Para Sex Personal Trainer Rita Ma Rostirolla, querer chamar de “bonitinho” ou coisa do gênero o membro do rapaz no primeiro encontro é um micão dos grandes. O homem, explica a especialista, adora o próprio pênis e qualquer apelido no diminutivo num primeiro encontro pode parecer que você achou o “brinquedinho” dele pequeno demais.

Trocar o nome do parceiro 

No auge da pegada você pega e troca o nome do parceiro. Mico total! Se for um primeiro encontro, evite chamar pelo nome porque as chances de trocar são grandes naquela hora principalmente se trocou recentemente de parceiro. A dica da especialista Rita Rostirolla é você escolher uma palavra que não seja comprometedora como, por exemplo, “meu gato, meu amor”.


Não avisar que está “naqueles dias” 

“Estar menstruada e não avisar o parceiro antes pode ser um problema, mas, para muitos homens, isso não é problema desde que seja avisado antes para não serem surpreendidos na hora”, destaca Rita. O mau hálito é outro micão! Não basta apenas escovar e passar fio dental, o cuidado com a alimentação também é importante. Não é nada excitante quando, naquela hora, você exale um bafo de alho ou cebola, concorda?

Depilação vencida é o 'ó'! 

Mico para evitar sempre: estar com a depilação vencida. 'Já ouvi muitos homens comentando que fulana é uma gostosa, mas é peluda. Homem não repara se uma mulher tem celulite ou estria na hora da transa, mas repara na depilação', comenta a Sex Personal Trainer Rita Ma Rostirolla.

Calcinha bege, grande ou furada 

Outra queixa comum, explica Rita Ma Rostirolla, é a mulher chegar toda produzida, vestida sensualmente e, na hora de tirar a roupa, está com um lingerie bege ou, pior, além de bege, a roupa está descosturada. King Kong total.

Virar um Galvão Bueno e ficar narrando a transa 

Palavras ou pedidos picantes são estimulantes, mas narrar o jogo todo brocha qualquer um. 'Falar durante o sexo é excitante principalmente quando usamos termos que esquentem ainda mais a situação, mas têm que ser genuínos e verbalizar o que estamos sentindo ou queremos sentir. Mas a mulher que fica falando o tempo todo durante a relação faz o cara querer enfiar um travesseiro na boca dela para poder se concentrar', alerta a Sex Personal Trainer, Rita Ma Rostirolla.

Falar com voz cuti-cuti de criancinha 

Para a especialista em relacionamentos e consultora de autoestima, sensualidade e motivação para mulheres, Fernanda Pauliv, não existe nada mais desestimulante do que fazer uso de uma voz infantilizada e um vocabulário cheio de palavras no diminutivo como em frases do tipo ‘Cadê meu gostosinho para eu encher de beijinhos?’ ou ‘Vem fazer um amorzinho com a sua lindinha’. 'Imagine isso acompanhado de caras e bocas, então? Mico absoluto', destaca Fernanda.



Fazer comparações com o ex 

Já dissemos que trocar o nome do parceiro pelo do ex é um micaço, mas fazer comparações com o ex é inadmissível e isso serve tanto em relação a desempenho ou à própria anatomia do 'brinquedinho' dele. 'Não convém levar 'o outro' para a cama nem mesmo para dizer que ele é muito pior do que o atual. Além de ser deselegante, ficará no ar a impressão de que, se o atual um dia virar ex, em breve ele também será alvo de comparações', alerta Fernanda Pauliv.

Fingir um orgasmo 

Numa relação sexual, não existe uma obrigatoriedade de chegar lá todas às vezes. Se isso não acontecer não vale a pena mentir. Muitas mulheres, quando dão esse feedback errado para seus parceiros, só estão estimulando-os a continuarem a fazer tudo mesmo jeito, ou seja, do jeito que não as leva ao clímax.
“Um diálogo aberto e sinceridade na cama são fundamentais para que os dois saiam dela satisfeitos”, explica a consultora de autoestima, sensualidade e motivação para mulheres, Fernanda Pauliv.

Fazer coisas somente para agradar o parceiro 

Querer fazer determinadas coisas somente para agradar o parceiro e passar por cima de seus valores e de si mesma é um mico daqueles bem chatos. A especialista em relacionamentos, Fernanda Pauliv, explica que testar novidades e ter a mente aberta é importante e pode fazer o casal se surpreender de maneira positiva, além de ser um combustível contra a rotina. Mas se alguma técnica, posição ou acessório não agrada e ela aceitar fazer só para satisfazer o parceiro, isso pode gerar mágoa e ressentimento entre o casal. “Existem infinitas possibilidades de prazer, mas elas só devem fazer parte do repertório se forem boas para os dois”, destaca a especialista.

Querer fazer sexo de qualquer maneira 

Se o clima não está para sexo, o jeito é assistir a um bom filme. Muitas vezes, o homem está distante e introspectivo devido a problemas pessoais e a mulher acha que o problema é com ela, ou pior, que ele arrumou outra. Para esclarecer as dúvidas e acabar o 'climão', nada melhor que uma boa conversa. “Nessa hora, a mulher deve se colocar como amiga e disposta a ajudar sem o bom e velho tom de cobrança. Muitas vezes, depois de esclarecer as coisas, o homem acaba mais relaxado e a excitação volta naturalmente”, comenta Fernanda.

Nunca finja ser quem não é 

A personal sex Karina Brum alerta para este detalhe: não tente parecer ser inteligente demais ou esperta demais na primeira vez com o cara. Procure ser, sim, divertida na medida certa, sorridente e simpática (isso é nato em mulheres com inteligência emocional). “Esta história de “Não curto isso ou não curto aquilo” é para as mulheres consideradas complicadas”, destaca.

Não abuse na roupa 

Não queira abusar na roupa. “Às vezes, ser a discreta sexy é o melhor caminho. E uma dica: lábios hidratados ficam mais apetitosos, por isso, arrase no gloss”, aconselha Karina.

Falar de problemas pessoais 

Esse é um mico para as aventureiras do primeiro encontro: nunca fale dos seus problemas pessoais na primeira vez. Isso, com certeza, congela o clima. Outro conselho da personal sex Karina Brum para evitar situações chatas é procurar ser bem humorada sem forçar a barra, pois mulheres muito sorridentes passam aquele ar de “falsidade”.

Vale salientar que homens também pagam "micaço" na hora H... cabe a cada um o bom senso!

fonte: http://estilo.br.msn.com/tempodemulher/


Seguidores